Produção

Processo Produtivo
A fábrica no Brasil é responsável pela produção de aproximadamente 22 mil toneladas de papel por ano, abastecendo a América Latina e diversos países do resto do mundo.
A fabricação do papel inicia-se com o tratamento e a produção da celulose que será utilizada na massa, então acrescida de água e componentes químicos variados de acordo com a finalidade de cada papel. Ao longo do processo, tecnologias avançadas garantem o controle de qualidade do produto.

Linhas de Produtos e suas aplicações
Os produtos da Fedrigoni Brasil Papéis englobam as mais diversas necessidades de seus clientes. Desde a fabricação do papel-moeda, cuja experiência de 200 anos levou a empresa a fornecer para mais de 130 países, inclusive o Brasil. A fábrica de Salto é a única produtora de papel-moeda da América Latina, e emprega tecnologia de ponta na fabricação de papel fiduciário e soluções de segurança para combater a falsificação e adulteração. Já para atender a criatividade que pede o mercado gráfico, a empresa dispõe de papéis coloridos, com texturas diferenciadas e efeitos especiais.

Meio Ambiente - Brasil
O respeito pelo Meio Ambiente e a busca pelo desenvolvimento sustentável fazem parte da estratégia da empresa, que qualifica suas operações de acordo com as regulamentações locais e nacionais para o meio ambiente.
A celulose utilizada na fabricação do papel provém de árvores de reflorestamento. E o processo de fabricação garante, em quase sua totalidade, o aproveitamento das matérias-primas envolvidas. Após o tratamento da água resultante do processo, os resíduos sólidos são 100% reaproveitados pelas indústrias do adubo ou da cerâmica. E a água tratada retorna mais limpa e pura para sua origem.

Responsabilidade Social - Brasil
Preocupada com o seu papel social, a Fedrigoni Brasil Papéis escolheu a cidade de Salto, que acolhe sua fábrica no Brasil, para promover o bem-estar e a valorização da vida na comunidade, incentivando a prática esportiva, cultural e educacional.

Pessoas

Fedrigoni People

Nosso recurso mais importante é nossa equipe. Sua dedicação e paixão fazem nosso negócio ser o que é. Em troca, nos comprometemos a dar a todos nossos colaboradores as habilidades e treinamento que eles precisam para alcançar seu pleno potencial. No grupo, nós temos quase dois mil colaboradores em sete países. Pedimos que todos nossos colaboradores cumpram com o Código de Ética do Grupo, que defende princípios de transparência, justiça, confiança e boa conduta de trabalho, bem como define padrões claros e consistentes para saúde, segurança e gestão ambiental. A cada ano, aproximadamente 75% de nossa mão-de-obra assiste a pelo menos a um curso de treinamento, gerencial ou técnico/ especialista (excluindo treinamento técnico durante o serviço). Isso soma quase 20.000 horas de treinamento por ano. Nós fazemos da segurança no local de trabalho uma prioridade. Aproximadamente 900 colaboradores participam de cursos, oficinas e eventos sobre saúde e segurança a cada ano. Nosso monitoramento de saúde e segurança em todo o grupo mostra como resultados uma redução acentuada na frequência e gravidade de acidentes, assim como uma diminuição de períodos médios de faltas por doença.

Meio Ambiente

FSC

A Fedrigoni nunca deixa de prestar atenção na sustentabilidade e respeito ao meio ambiente: essa atenção começa com as suas matérias-primas adquiridas, exclusivamente, de fornecedores que praticam políticas ambientais responsáveis com suas instalações de produção, cuja energia provém de centrais de cogeração, e que são mantidas assim até o produto acabado e sua distribuição. O Grupo dedicou muitos anos na expansão de sua escala de papéis que possuem a certificação FSC® C015705 para Cadeia de Custódia. Em 2010, a companhia atingiu uma porcentagem de, não menos, que 85%.

História

Giuseppe Antonio Fedrigoni, após um longo período dedicado ao comércio de papel, começou a produção de papel em 1888 na fábrica de Verona, que foi expandida subsequentemente por seu filho Antonio.
A partir de 1931, Gianfranco Fedrigoni, auxiliados pelos irmãos Renzo e Arrigo, deu novo impulso para o desenvolvimento da empresa.
O controle da fábrica de papel de Varone foi adquirido em 1938 e a fábrica da Verona - completamente destruída durante a Segunda Guerra Mundial - foi reconstruída em 1945. A fábrica de papel da Adamas foi montada na África do Sul em 1948 (vendida mais tarde a Sappi, em 1964); a fábrica da Arco foi fundada em 1963.
As três fábricas (Verona, Varone e Arco) foram unificadas em 1979 para formar a Cartiere Fedrigoni & C. S.p.A. Desde então, o desenvolvimento do Grupo continuou com ênfase especial no setor conversão com a criação da Arconvert em 1989 e o controle da Manter SA (Manipulados del Ter SA) em 1993, na distribuição Europeia através de empresas de distribuição dedicadas na Alemanha (1987), Espanha (1989), França e na Grã-Bretanha (1993). A partir de 01 janeiro de 2000: o Grupo Fedrigoni foi reorganizado, com transferência das operações de produção e comerciais à nova Fedrigoni Cartiere S.p.A. No fim de 2001, o Grupo Fedrigoni foi premiado na concorrência feita pelo Instituto Poligráfico e Zecca delloStato para a aquisição da  Cartiere Miliani e Fabriano  (herdeiros da tradição centenária italiana de fabricação de papel) e suas subsidiárias (Cartamano S.r.l., Miliani Immobiliare S.r.l. e S.I.C.M.A. S.r.l.).
A Fedrigoni Ásia começou suas operações em abril de 2006 com sede em Hong Kong. A empresa lidará com as vendas dos papéis Fedrigoni no Extremo Oriente e Oceania.

Fedrigoni Brasil Papéis

Fedrigoni Brasil Papéis é mais que uma simples produtora de papéis. A empresa é uma inventora que se destaca por meio dos resultados dos esforços de seu time de pesquisadores, da sinergia entre suas várias atividades e da percepção acurada para as necessidades geradas pelas constantes mudanças do mundo. Essas características fizeram do Grupo Fedrigoni o líder mundial na fabricação de papéis finos e de segurança. A fábrica de papel de Salto, localizada no interior de São Paulo, com 98 mil m2 , e, ainda hoje, preserva a arquitetura e o cenário presentes em sua fundação, no século XIX. Em 1978, a empresa iniciou a fabricação do papel-moeda no Brasil – tornando-se a única produtora de papel para cédulas na América Latina –, possibilitando a auto-suficiência do País na produção de seu dinheiro. De lá para cá, os avanços tecnológicos introduzidos na fábrica do Brasil permitiram a produção de outros tipos de papéis de segurança. Em cada uma de suas especialidades a Fedrigoni distingue-se pelas suas soluções inovadoras, pelo seu atendimento às exigências de seus clientes, e, principalmente, por antecipar suas necessidades.

Certificados: ISO9001, 14001, OHSAS 18001, FSC® C015705.